Recherche avancée

Brasília > Atualidades > Liichtmëssdag - Quando as crianças de Luxemburgo trazem luz >

Liichtmëssdag - Quando as crianças de Luxemburgo trazem luz

Publié le Terça-Feira, 2 de Fevereiro de 2021

   

No dia 2 de fevereiro, véspera do dia de São Brás, as crianças celebram Liichtmëssdag, a Candelária. Equipados com Liichtebengelcher ou lampiões/lanternas de papel, eles vão de porta em porta cantando para ganhar doces e moedas. Para a ocasião, eles cantam uma canção tradicional conhecida por todas as crianças e que começa com "Léiwer Härgottsblieschen ...".

No final das aulas ou no início da tarde, as crianças trazem seu Liichtebengelcher antes de sair em grupos, geralmente formados por crianças que moram em um mesmo bairro ou rua. Antigamente, as crianças carregavam velas na ponta de uma haste de madeira, mas por razões de segurança estas foram substituídas por lanternas de papel coloridas iluminadas por uma lâmpada elétrica.

Essa procissão multicolorida então se move de casa em casa. Quando a porta se abre, as crianças cantam a canção "Léiwer Härgottsblieschen" com a qual pedem literalmente "bacon e ervilhas". E quem sabe resistir a um grupo de pequeninos que cantam em coro, munidos de lanternas?

No final da jornada, a arrecadação é distribuída de forma justa entre as crianças que estão apenas esperando por esse momento para se alegrar com os frutos de seu esforço.

As origens do Liichtmëssdag remontam aos tempos pré-cristãos, mas hoje a festa está ligada ao personagem de São Brás, um dos 14 santos auxiliares. Não só protege o gado, mas também ajuda contra dores de garganta, úlceras e peste. A passagem das crianças com suas lanternas serve também para lembrar às pessoas que Cristo se definiu como a luz do mundo que traz a luz às trevas.

Se quiserem aprender a cantar a música, segue a letra :

Léiwer Härgottsblieschen,
Gitt ons Speck an Ierbessen
Ee Pond, zwee Pond,
Dat anert Joer da gitt der gesond,
Da gitt der gesond.
Loosst déi jonk Leit liewen
Loosst déi al Leit stierwen,
(Variante: an déi al derniewent)
Kommt der net bal,
D'Féiss ginn ons kal.
Kommt Der net gläich,
Da gi mer op d'Schläich.
Kommt der net geschwënn,
D'Féiss ginn ons dënn.
Kommt Der net gewëss,
Da kritt Der e Schouss voll Nëss.

Versão de Nik Welter (1929)

Para saber mais sobre as festas e tradições de Luxemburgo, consulte:
https://luxembourg.public.lu/en/society-and-culture/festivals-and-traditions.html

Retour